Eventos

2023-04-24

Estremoz quer mostrar aos jovens que há um antes e um depois do 25 de Abril

À meia-noite em ponto rebentam foguetes no centro de Estremoz a celebrar a Revolução dos Cravos, mas a festa começa antes, com dois concertos em pleno Rossio Marquês do Pombal. Não faltam argumentos para sair de casa esta segunda-feira

   O presidente do Município justifica que o 25 de Abril «tem de ser comemorado» em Estremoz, por se tratar do «momento alto da nossa história», sublinha José Daniel Sádio. «É a homenagem àqueles que participaram na revolução e que permitiram estarmos aqui hoje», disse o autarca ao Sul Ibérico, enfatizando a importância de «mostrar às novas gerações» o que representou Abril de 74.

   Voz ao autarca: «Importa tornar evidente que houve um antes e um depois do 25 de Abril e para que vivamos a nossa liberdade é importante valorizar a liberdade que temos. É importante perceber que a liberdade nem sempre aconteceu e que temos de lutar por ela», insistiu o edil. 

   As comemorações percorrem ainda as várias freguesias do concelho, tendo começado já sábado, em pleno Mercado, com poesia de Abril, enquanto esta noite o primeiro concerto está agendado para as 21.30 horas, com as Vozes do Imaginário, seguindo-se as Canções de Abril - pelas 22.45 horas - com a Orquestra Filarmónica de Braga e Grupo Canto D´aqui. Pelas 00.00 horas há o fogo-de-artifício da União das Freguesias de Estremoz.

   Para terça-feira está agendada a Sessão Solene de Assembleia Municipal evocativa do 25 de Abril na Câmara de Estremoz.

Artigos Relacionados

« Voltar