Notícias

2023-03-02

Arronches «puxa» pela natureza e estende Serra de São Mamede até à BTL

Se é para mostrar o melhor ao Mundo, então Arronches leva à Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) tudo o que paisagem oferece ao longo da Serra de São Mamede. E tem companhia

TEXTO l Roberto Dores

   «Viemos potenciar o nosso turismo. Este ano com uma vertente diferente, juntamente com outros três municípios», revelava o presidente da Câmara, João Crespo, apontando para a presença, ali perto, dos municípios vizinhos: Portalegre, Marvão e Castelo de Vide.

   São estes os quatro concelhos que formam a Associação de Municípios da Serra de Mamede (recentemente criada) que tem o desígnio de «potenciar a conservação da natureza e o património cultural», eliminando alguns constrangimentos com que as autarquias se iam deparando de forma isolada.

   
Pêgo do Inferno. Eis um dos locais mais emblemáticos da serra de São Mamede, que permite uns mergulhos em tempos quentes
 
   «Estamos os quatro juntos para promover aquela área. Depois, cada um fará a divulgação do seu território», assumia o autarca que, para domingo, anuncia animação na BTL à boleia de Arronches, alicerçada numa prova de vinhos e degustação da célebre culinária que vai à mesa no concelho.

    A sessão conta com a presença do chefe Luís Aranha, mas também tem na agenda um momento musical com o grupo Verde Maio, da Escola de Música de Arronches. «É com estas demonstrações que tentamos atrair turistas ao nosso concelho», refere João Crespo, acrescentando que a aposta no património natural ultrapassa as fronteiras do Parque Natural da Serra de Mamede. 

   «Há todo o outro património, como sucede com a envolvente da albufeira do Caia, que é muito importante», assumia ainda o edil, revelando que, em breve, «haverá novidades a esse respeito. Estamos a desenvolver um trabalho nessa área para potenciar também a fauna e a flora do nosso concelho.» Aguardemos pelos detalhes do novo projecto.

Artigos Relacionados

« Voltar