Notícias

2024-01-22

Barragem de Alqueva está quase cheia com chuva de Janeiro

As últimas chuvas mudaram o cenário de crise na bacia do Guadiana e ajudaram a aumentar significativamente o nível de água retida na albufeira do Alqueva. A barragem já se encontra na cota 148,60 metros, estando a menos de quatro metros da sua capacidade máxima (152)

   Na semana passada, em 39 horas, entre as 08.00 e as 23.00 horas de quarta-feira, o nível da albufeira subiu 70 centímetros. Apenas por quatro vezes Alqueva atingiu a sua capacidade total, desde o fecho das comportas, há cerca de 22 anos. A última vez que a albufeira encheu na plenitude foi no início de 2014.

   Citado pela TSF, o presidente de Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA),  José Pedro Salema, revela que «as últimas duas tempestades geraram precipitações e escoamentos importantes».

   «Chegou, e ainda continua a chegar, muita água à barragem», sublinha José Pedro Salema, avançando que à entrada da barragem chegou qualquer coisa como uma piscina olímpica a cada dois segundos. «Encaixámos cerca de 350 milhões de metros cúbicos, na última semana, em resultado destas chuvas, e aumentámos o nosso nível de confiança para enfrentarmos o próximo Verão e os próximos verões.»

   O mesmo responsável estima ainda que esta não terá sido última precipitação do ano. «Por isso, vamos ter confiança que o sistema funciona como suposto, como tem funcionado até agora, e que a garantia de água que Alqueva tem oferecido é para continuar», enfatizou.

Artigos Relacionados

« Voltar